Sicília Oriental

passioneitalia

ITALY ,
BRAZIL ,
  •  +55 51 992244213 Commercial Support
  •  +55 51 994210092 Administrative support
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

sicilia-orientale

As Pérolas da Sicília Oriental: Catânia, Siracusa, Noto, Ragusa, Modica, Taormina

Dia 1: Partida para Catânia.
onde você vai encontrar ônibus executivo ou carro, com acompanhante – guia em português.

Chegada em Catânia

Almoço leve em uma fazenda na planície de Catânia, depois a visita ao centro histórico de Catânia, uma bela cidade barroca, cercado por uma planície ampla e agradável plantada com citros. Ao pé do Etna, construída inteiramente de pedra de lava, a cidade é caracterizada pelos monumentos em estilo barroco.

A cor preta, presente em todos os edifícios, enfatiza a ligação entre a cidade e o vulcão que a domina. Transfer e alojamento em hotéis na área de Siracusa. Jantar e pernoite.

 

Dia 2: Siracusa - Noto. Café da manhã no hotel. Partida para Siracusa, definida por Cícero como "a mais bela cidade da Magna Grécia", cheia de testemunhos de sua antiga grandeza como capital cultural, do esplendor da idade grega até o período barroco.

Siracusa tem o maior teatro grego do Ocidente, o maior altar para sacrifícios do mundo grego, o anfiteatro romano, as catacumbas perdendo apenas para as de Roma, vestígios bizantinos que documentam o papel da capital no mesmo período. Palácios renascentistas, edifícios e igrejas barrocas, obras neoclássicas e bairros inteiros em estilo Art Nouveau.

Almoço em Restaurante. Ida para a cidade de Noto, que proporciona uma paisagem arquitetônica única no mundo, para a harmonia de um estilo barroco, enfatizado pela cor rosa da pedra usada para construir a cidade. Retorno ao hotel para jantar e pernoite.

 

Dia 3: Ragusa - Modica. Café da manhã no hotel e saída para Modica. O centro oferece o espetáculo de um cenário barroco exuberante, distribuído ao longo dos lados de um desfiladeiro. O principal monumento é a Igreja de San Giorgio (São Jorge), a partir da fachada solene marcada por cinco portas, com uma floresta de colunas que sobem em direção ao topo da torre do sino. Até o interior é barroco, com estuque branco e ouro, que enchem os corredores e transeptos e um altar de prata incrustado que conta as histórias de São George.

Em Modica os “gourmands” vão à antiga Dolceria Bonajuto, onde a especialidade é o chocolate, produzido como séculos atrás pelos Astecas: os grãos de cacau são moídos a frio junto com a canela, a baunilha e o açúcar até obter uma pasta lisa, onde, no entanto, ainda são perfeitamente identificáveis os cristais de açúcar. Almoço em um restaurante típico perto do Castelo de Donnafugata, tornado famoso pelo romance "O Leopardo".

Continuação para Ragusa. A parte antiga é Ibla, com as ruas estreitas e as características escadas escocesas.

O charme especial de Ibla está em seus pequenos detalhes: as casas encostadas umas às outras, telhados inclinados e coloridos, que permitem vislumbrar uma torre de sino, a torre, grande parte da cúpula de São George, a elegância de igrejas e palácios em estilo barroco e rococó, as faces dos monstros de pedra que guardam fachadas e portas de entrada.

Superando cerca de 250 degraus, você chegará ao topo de Ragusa, reconstruída após o tremor de 1693 como o tabuleiro de xadrez, com as longas ruas que chegam de repente em cenários de poderoso barroco tardio.

Na Piazza San Giovanni (Praça São João) há a Catedral, com a sua fachada ricamente decorada com gravuras, esculturas, colunas de grandes dimensões e dois relógios de sol. Um relógio mede o tempo em horas italianas (de pôr do sol à pôr do sol), outro em horas franceses (de meia-noite à meia-noite).

Inesperada a visão do teatro, oferecido pelo adro, elevado acima da praça abaixo e cercado por uma balaustrada de pedra “pece”. Mesmo dentro de algumas surpresas: capitais esculpidas e anjos dourados em estuque, estilo rococó dourada nos cofres, nichos cercada por estátuas. Mesmo no interior da Catedral as surpresas não faltam: capitéis esculpidos e dourados, anjos de estuque, arcos dourados em estilo rococó, grandes nichos cercado por estátuas.

 

Dia 4: Taormina. Após café da manhã no hotel, saída para Taormina,"a pérola do Mediterrâneo".

Visita ao teatro grego, que oferece uma vista inesquecível do litoral e do Etna e uma caminhada na avenida principal para admirar cantos sugestivos e visitar as lojinhas de artesanato.

Almoço em um restaurante na praia de Letojanni. Transfer para o aeroporto de Catânia.

Programa de viagem para Grupos e para clientes individuais
Possibilidade de hotéis 3, 4 e 5 estrelas
Aeroportos recomendados para a sua chegada: Catânia, Palermo, Nápoles, Roma.

 

REQUEST TOUR

Aqui você pode reservar um passeio turístico para medir, em Roma ou em outras cidades da Itália.










segurança

newsletter

Subscreva a nossa newsletter e mantenha-se atualizado em notícias
Termos e Condições de Uso